Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pernambuco 1 – Entidade alvo do TCU recebe ajuda do governador

Por Marta Salomon e Leila Suwwan, na Folha:Com a ajuda do governador e ex-ministro de Ciência e Tecnologia Eduardo Campos (PSB-PE), uma entidade não-governamental comandada pelo tesoureiro de seu partido em Pernambuco recebeu cerca de R$ 11,4 milhões da pasta nos últimos três anos. Agora, auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União) acaba de […]

Por Marta Salomon e Leila Suwwan, na Folha:
Com a ajuda do governador e ex-ministro de Ciência e Tecnologia Eduardo Campos (PSB-PE), uma entidade não-governamental comandada pelo tesoureiro de seu partido em Pernambuco recebeu cerca de R$ 11,4 milhões da pasta nos últimos três anos. Agora, auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União) acaba de encontrar irregularidades na entidade -de falta de critério para sua escolha a superfaturamento e uso de notas fiscais frias.
O Instituto de Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Xingó, sediado na zona rural de Sergipe, é dirigido por Gilberto Rodrigues, tesoureiro do PSB em Pernambuco e aliado político de Campos -um dos principais governadores da base de apoio ao governo Luiz Inácio Lula da Silva.
Campos participou diretamente dos três contratos do ministério com o Instituto Xingó. Os dois principais convênios, num total de R$ 12,6 milhões, foram auditados pelo TCU (Tribunal de Contas da União).
O histórico do Instituto Xingó com o Ministério da Ciência e Tecnologia começa quando Rodrigues assume a entidade. Em maio, Campos, assina uma parceria discreta, de R$ 163 mil para o “melhoramento genético de caprinos e ovinos” na região.
No mês seguinte, em junho, o ministro escolhe novamente o Instituto Xingó para o primeiro contrato milionário, de R$ 6,2 milhões, e ignora um parecer interno que solicitava a realização de um concurso, segundo documento do TCU (Tribunal de Contas da União) obtido pela Folha. “Não constam dos autos os critérios utilizados para a seleção do instituto”, diz a auditoria.
O valor é integralmente liberado até junho de 2006, na reta final da campanha eleitoral de Campos ao Palácio do Campo das Princesas.
Assinante lê mais aqui
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s