Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Metáfora de menino: pediram a Dilma um Zidane, e ela indicou Materazzi…

Convenham: Ideli Salvatti tem motivos para se sentir prestigiada ao deixar o Ministério da Piaba e assumir o das Relações Institucionais. É como sair do quartinho dos fundos para a suíte principal. Mas e este impressionante Luiz Sérgio? A melhor evidência de que estava no cargo errado está em aceitar, agora, o Ministério da Piaba! […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 11h40 - Publicado em 10 jun 2011, 18h21

Este de branco parece Materazzi jogando algo parecido com futebol, mas é Ideli Salvatti dialogando com a oposição

Este de branco parece Materazzi jogando algo parecido com futebol, mas é Ideli Salvatti dialogando com a oposição

Convenham: Ideli Salvatti tem motivos para se sentir prestigiada ao deixar o Ministério da Piaba e assumir o das Relações Institucionais. É como sair do quartinho dos fundos para a suíte principal. Mas e este impressionante Luiz Sérgio?

A melhor evidência de que estava no cargo errado está em aceitar, agora, o Ministério da Piaba! Ou este sujeito tem uma tal auto-estima que nada a abala, mesmo o enxovalho mais explícito, ou, então, não tem nenhuma, e toda humilhação é bem-vinda, porque extrai da sujeição o prazer mórbido.

A humilhação estende-se a todo o establishment que cerca a “presidenta”. Lá vai a metáfora que muitos dirão para rapazes, não para moças.  Pediram-lhe um mestre (ou uma mestre, ok) da articulação política. Fosse futebol, estariam cobrando  um Zidane, e Dilma indicou Materazzi.

Materazzi é aquele brucutu em quem o fino Zidane deu uma cabeçada certa feita. Huuummm… Talvez a aposta seja esta: os brutos também vencem.

Parece Ideli Salvatti dialogando com a oposição, mas é só Materazzi jogando algo parecido com futebol

Este de azul parece Ideli Salvatti dialogando com a oposição, mas é só Materazzi jogando algo parecido com futebol

Continua após a publicidade
Publicidade