Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

LEIAM ABAIXO

– A mentira como instrumento da luta política; – Ministro espera “atestado” da PGR para dar entrevista em rede de grande audiência…; – Atenção, leitor! Suplicy vai tentar explicar o que Palocci não explicou; – Aliados cobram mais poder de decisão no governo Dilma; – O fumadão escreveu para o blog; – OAB pede afastamento […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 11h49 - Publicado em 31 Maio 2011, 06h55

– A mentira como instrumento da luta política;
– Ministro espera “atestado” da PGR para dar entrevista em rede de grande audiência…;
– Atenção, leitor! Suplicy vai tentar explicar o que Palocci não explicou;
– Aliados cobram mais poder de decisão no governo Dilma;
– O fumadão escreveu para o blog;
– OAB pede afastamento imediato de Palocci da Casa Civil;
– Caso Palocci mete o governo na bolha de plástico;
– O jogo sujo do onguismo e os fatos num artigo de Aldo Rebelo;
– Cuidado, entrevistáveis, com as armadilhas da imprensa. Ou: discordar é para macacos; humanos devem dizer sempre “sim”;
– A maconha no Fantástico: a reportagem dos 12 contra 1 e os supostos 57%;
– Sarney, o Stálin do Maranhão, agora virou juiz da história. “Cadê a estaca?”, perguntaria Paulo Francis;
– Senado exclui afastamento de Collor da galeria de imagens da Casa;
– Violência e oportunismo. Ou: Os cadáveres úteis;
– Governo cria grupo interministerial para discutir conflitos agrários;
– Depois de “desculpas” de Palocci, tudo está superado, diz Temer; “É casamento pra sempre”, afirma Carvalho;
– Um lema para a última onda da agenda progressista;
– Cuidado! O controle que querem fazer da publicidade significa limite à liberdade de expressão!:
– FHC e as drogas: a opinião desastrada de um grande brasileiro. Ou: Por que a descriminação seria ainda mais desastrosa do que a legalização;
– Pela descriminação do tráfico de influência!;
– Raposa Serra do Sol – Os miseráveis que o STF criou com a antropologia poética de Ayres Britto. Não foi falta de aviso!;
– Lembram-se deste espetáculo de truculência?;
– Os idiotas em marcha: do sexo, das ervas, da língua portuguesa. E um filme honesto com e sobre gays;
– O Brasil ainda vai liberar a maconha e a cocaína e proibir o biscoito de chocolate

Publicidade