Clique e assine com 88% de desconto
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Juiz bloqueia R$ 60 milhões em nova operação da PF

Arruda e Agnelo tiveram bloqueio de R$ 10 milhões cada; Fillipelli, assessor da presidência, R$ 6 milhões.

Por Reinaldo Azevedo - 23 maio 2017, 15h36

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª vara da Justiça Federal em Brasília,  determinou o bloqueio de R$ 60 milhões de 13 pessoas listadas na operação que investiga desvios nas licitações nas obras do Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília.  Os ex-governadores do DF Agnelo Queiroz (PT) e José Roberto Arruda (PMDB) tiveram, cada um, R$ 10 milhões bloqueados pela Justiça. Eles foram presos hoje pela manhã. O assessor especial da Presidência Tadeu Fillipelli, também preso, sofreu bloqueio de bens no valor de R$ 6 milhões.

O Palácio do Planalto encaminhou para o Diário Oficial da União a portaria de exoneração do assessor especial do gabinete pessoal do presidente da República, Tadeu Filippelli (PMDB), que deve ser publicada na edição desta quarta-feira, 24.

Publicidade