Clique e assine a partir de 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Governo decide conceder proteção a policial que acusou ministro

Do Portal G1: O Ministério da Justiça informou na noite desta terça (18) que a Polícia Federal concederá proteção especial ao policial militar João Dias Ferreira, autor da denúncia de que o ministro Orlando Silva teria envolvimento com um suposto esquema de desvio de verbas públicas do Ministério do Esporte. Segundo nota da assessoria da […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 31 jul 2020, 10h27 - Publicado em 18 out 2011, 21h16

Do Portal G1:
O Ministério da Justiça informou na noite desta terça (18) que a Polícia Federal concederá proteção especial ao policial militar João Dias Ferreira, autor da denúncia de que o ministro Orlando Silva teria envolvimento com um suposto esquema de desvio de verbas públicas do Ministério do Esporte.

Segundo nota da assessoria da pasta, a decisão foi tomada depois que o ministério recebeu ofício do PSDB solicitando a proteção especial. Na tarde desta terça, parlamentares de oposição, entre os quais do PSDB, se reuniram com o policial militar. Pela manhã, alegando problemas de saúde, Dias pediu o adiamento de um depoimento que iria dar à PF.

De acordo com o Ministério da Justiça, a proteção será concedida depois que o PM comparecer à sede da Superintendência da PF no Distrito Federal e fizer a solicitação, o que não ocorreu nesta terça. O ministério também solicitou à Polícia Militar do DF que Dias seja apresentado à PF para prestar depoimento.

Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pelo Ministério da Justiça
O Ministério da Justiça recebeu, nesta terça-feira (18/10), ofício da liderança do PSDB solicitando, em caráter de urgência, proteção especial ao policial militar do Distrito Federal João Dias Ferreira.
O Departamento de Polícia Federal, em atendimento à determinação do ministro da Justiça, informou que a proteção será imediatamente concedida assim que o senhor João Dias Ferreira comparecer à sede da Superintendência da Polícia Federal do DF e, nos termos da lei, solicitar a segurança.
Nesse sentido, o Ministério da Justiça também entrou em contato com o comando da Polícia Militar do Distrito Federal para que o policial João Dias Ferreira seja apresentado à PF para prestar depoimento e receber a segurança. O mesmo foi informado à bancada do PSDB.
Contudo, e apesar de convidado a prestar depoimento, o policial, até o momento, não apresentou pedido algum de proteção, sem o qual não será possível a tomada das providências cabíveis.
Assessoria de Comunicação Social
Ministério da Justiça”

Publicidade