Clique e assine com até 92% de desconto
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Golpistas estavam é no Instituto Lula. Aécio leva a Constituição para o protesto! Bingo!

Quando o PSDB apoiou publicamente a manifestação do dia 16, em spots na televisão, afirmei aqui ser aquela uma decisão acertada. Neste domingo, três senadores tucanos, entre muitos outros políticos, participaram dos protestos: em Belo Horizonte, o presidente do PSDB, Aécio Neves (MG), compareceu e discursou num carro de som. Em São Paulo, José Serra […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 00h42 - Publicado em 17 ago 2015, 06h57
Presidente do PSDB, Aécio Neves faz o que os petistas não podem: erguer a Constituição

Presidente do PSDB, Aécio Neves faz o que os petistas não podem: erguer a Constituição

Quando o PSDB apoiou publicamente a manifestação do dia 16, em spots na televisão, afirmei aqui ser aquela uma decisão acertada. Neste domingo, três senadores tucanos, entre muitos outros políticos, participaram dos protestos: em Belo Horizonte, o presidente do PSDB, Aécio Neves (MG), compareceu e discursou num carro de som. Em São Paulo, José Serra (SP) esteve na Avenida Paulista; em Brasília, Aloysio Nunes (SP) foi à Esplanada. O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) também esteve na capital paulista. Todos foram muito bem recebidos, mas que se note: as oposições apoiaram as ruas, mas não convocaram a manifestação.

O presidente do PSDB fez uma coisa certíssima, de grande simbolismo: levou para o caminhão a Constituição e a exibiu. É a melhor resposta que se pode dar aos trogloditas que afirmam que se pretende dar um golpe no país. O impeachment está previsto no Artigo 86 da Carta, e os crimes de responsabilidade, na Lei 1.079. Não é o único caminho que pode levar um presidente a perder um mandato. Também o crime eleitoral pode conduzir a esse desfecho.

Ao levar para o caminhão a Constituição da República Federativa do Brasil, Aécio está deixando claro onde estão os golpistas. Naquela hora, diga-se, havia, sim, uma reunião deles. Encontravam-se no Instituto Lula, no bairro do Ipiranga, em São Paulo, ironizando e hostilizando muitos milhares de brasileiros.

Por que Lula não deu as caras na manifestação marcada pela CUT e pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC?. Segundo Jilmar Tatto, secretário de Fernando Haddad, os que hoje pediam a saída de Dilma e do PT do governo estariam com receio da vitória de Lula em 2018. É mesmo? Então por que o Demiurgo não foi lá demonstrar a sua força eleitoral?

A verdade é que o PT —  ele, sim — está contra a Constituição e o povo brasileiro. A proporção de petistas nas ruas neste domingo para a daqueles que querem o partido fora do poder era, no mínimo, de 1 para MIL. E, ora vejam, eles não têm como portar aquele livrinho que estava na mão de Aécio.

Aliás, seu descompromisso com a Constituição é antigo. Data de 1988. Os petistas tiveram de assinar a Carta porque não havia como não fazê-lo, mas boicotaram a sessão de proclamação do texto, como a dizer que não se responsabilizavam pelos fundamentos que estavam ali expressos.

Bem, não se responsabilizaram mesmo!

Havia, de fato, golpistas na rua neste domingo. Estavam lá no Instituto Lula.

Texto publicado originalmente à 1h36 
Continua após a publicidade
Publicidade