Clique e assine a partir de 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Dirceu acha que não se deve dar bola para gente processada… É mesmo?

O consultor de empresas privadas e “chefe de quadrilha” (segundo a Procuradoria Geral da República) José Dirceu, que teve o mandato de deputado cassado por corrupção, saiu em defesa de Orlando Silva, ministro do Esporte, o que só piora, obviamente, a situação de Silva. O Zé, que já teve duas caras — a sua e […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 31 jul 2020, 10h28 - Publicado em 17 out 2011, 19h39

O consultor de empresas privadas e “chefe de quadrilha” (segundo a Procuradoria Geral da República) José Dirceu, que teve o mandato de deputado cassado por corrupção, saiu em defesa de Orlando Silva, ministro do Esporte, o que só piora, obviamente, a situação de Silva.

O Zé, que já teve duas caras — a sua e a outra, de quando estava na clandestinidade (não sei de qual das duas descende a de hoje) — também tem duas morais: com uma, julga a si mesmo; com a outra, julga terceiros.

O homem que recebe autoridades do governo em quartos de hotel, uma espécie de versão para a administração pública do “rendez-vous”, não gostou da reportagem de VEJA. Ele também detestou aquela em que aparece ao lado de figuras do alto escalão da administração, em um gabinete clandestino, conspirando contra o governo do seu próprio partido… Essa VEJA, viu!?, vou lhes contar… Sigamos.

O ainda poderoso chefão do PT ficou escandalizado que se tenha dado bola a alguém como o PM João Dias Ferreira, militante do PCdoB, que chegou a ser conviva do próprio ministro. Assim se referiu o Zé ao PM:
“Tem uma denúncia de um cidadão que está sendo processado, acusado de desvios. Estranho é que a matéria em vez de ser sobre o PM é sobre o ministro. A matéria devia ser sobre o escândalo de desvio de recursos do qual o PM está sendo acusado. O ministro não está sendo acusado de nada. As acusações do PM são testemunhais, ele tem que comprovar isso.”

HEEEINNN???

Continua após a publicidade

Quer dizer que um sujeito processado pelo STF por formação de quadrilha e corrupção ativa acha que não se deve dar bola a João Dias — cuja ONG recebeu dinheiro do programa Segundo Tempo — porque este está sendo processado?

Ora, por que Dirceu, ele próprio, está falando? Por que Dirceu, ele próprio, está sendo ouvido pela imprensa? Por que Dirceu, ele próprio, tem o topete de manter um site? Por que Dirceu, ele próprio, acha que é um bom juiz dessa causa e da própria imprensa? Por que o processado José Dirceu não cala, então, as bocas (a que tem e a que já teve?).

Ou o processado José Dirceu se acha muito superior ao processado João Dias Ferreira só porque é Dirceu?

Publicidade