Clique e assine a partir de 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Ainda as crianças e os anúncios na televisão… Meus leitores continuam pesquisando

Esses meus leitores… Sempre atentos. Quando tratei do Instituto Alana, que quer proibir a propaganda de refrigerante, listei os nomes dos comandantes da entidade: Ana Lucia de Mattos Barretto Villela e Alfredo Egydio Arruda Villela Filho. Como sou ignorante nesse mundo, pensei: “Seriam casados?”. Não, não! Mais ignorante ainda, imaginei a Alana a proibir as […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 18 Feb 2017, 09h29 - Publicado em 24 Jan 2013, 16h35

Esses meus leitores… Sempre atentos. Quando tratei do Instituto Alana, que quer proibir a propaganda de refrigerante, listei os nomes dos comandantes da entidade: Ana Lucia de Mattos Barretto Villela e Alfredo Egydio Arruda Villela Filho. Como sou ignorante nesse mundo, pensei: “Seriam casados?”. Não, não! Mais ignorante ainda, imaginei a Alana a proibir as criancinhas de participar de propaganda de bancos, por exemplo, porque, afinal, pertencem a um setor que explora a usura, né?

Eu tenho cada uma…

Os dois são irmãos. A família é a maior acionista individual do grupo Itaú, o segundo maior do país entre os bancos privados. Assim, só acertei mesmo nos “mordomos invisíveis que administram a casa”. O Brasil também será único no mundo na produção de bilionários que têm horror ao capitalismo.

Agora entendo por que o Itaú usa tanto as crianças em seus comerciais. É para mostrar ao mundo como se faz. Certamente passa antes pelo controle de qualidade da Alana.

Continua após a publicidade

Quem não achou isso engraçadinho e não se encantou?

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=p9Z9n0I8Dfo%5D

E isto? É para edificar a infância? Que sorte que banco vende dinheiro, não biscoito.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=nE5MmuJJZSk%5D

Continua após a publicidade

Também há esta:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=VOLEDF2r8NU%5D

Se os irmãos conseguirem emplacar as suas teses, as crianças, devidamente estatizadas, poderão depois ser privatizadas pelo Itaú. Fico mais tranquilo ao saber que a Alana quer proibir a associação de crianças a produtos não saudáveis, mas que considera muito sensato que sejam associadas a bancos. Ah, sim: isso é uma ironia.

Um dos maiores aliados da Alana na Internet é um troço chamado Infância Livre do Consumismo. Eles usam esta imagem em sua propaganda.

Continua após a publicidade

Essa turma divulga ainda uma tradução porca de uma lista das 10 estratégias da “mídia” para enganar os trouxas, segundo uma compilação de algumas, digamos, sacadas de Noam Chomsky, o socialista socialite do MIT. O texto em inglês está aqui. Numa língua que lembra o português, os valentes mandam brasa:

“Fazer uso do aspecto emocional é uma técnica clássica para causar um curto circuito na análise racional, e por fim ao sentido critico dos indivíduos. Além do mais, a utilização do registro emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para implantar ou enxertar ideias, desejos, medos e temores, compulsões, ou induzir comportamentos…”

Ui!!! Que medo dessa mídia manipuladora!!!

Continua após a publicidade

Quando vi aquele bebezinho rindo com o papel rasgado, fiquei feliz de escolher o meu banco pautado por critérios puramente racionais: se um bebê ri quando ouve o som de um papel rasgado, é evidente que estamos diante da melhor opção! É o triunfo da razão pura!

Publicidade