Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Agora são os oficiais da PM da Bahia que ameaçam entrar em greve “contra a humilhação”

Por Fabio Guibu e Fraciliano Rocha, na Folha: Oficiais da PM da Bahia se reunirão hoje em Salvador para decidir se entram em greve em solidariedade ao movimento iniciado por seus subordinados em 31 de janeiro. A Associação dos Oficiais avalia que a categoria está sendo “humilhada” e “impelida” a aderir à paralisação. Os oficiais […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 09h33 - Publicado em 9 fev 2012, 05h37

Por Fabio Guibu e Fraciliano Rocha, na Folha:
Oficiais da PM da Bahia se reunirão hoje em Salvador para decidir se entram em greve em solidariedade ao movimento iniciado por seus subordinados em 31 de janeiro. A Associação dos Oficiais avalia que a categoria está sendo “humilhada” e “impelida” a aderir à paralisação. Os oficiais reclamam do tratamento dado pelo governo Jaques Wagner (PT) aos soldados e sargentos grevistas.

“Estamos sendo impelidos a aderir”, disse o diretor da associação, major Copérnico Mota da Silva, que critica o cerco imposto há quatro dias pelas forças federais aos grevistas que invadiram a Assembleia Legislativa do Estado. Ainda segundo o oficial, há na categoria um “sentimento doloroso e de indignação” por ver “colegas serem humilhados”. “Não temos mais paciência de ver isso de braços cruzados”, afirmou o major. Um grupo de tenentes se reuniu ontem no auditório do IML (Instituto Médico Legal) para discutir a adesão. Sob condição de não terem os nomes revelados, quatro deles confirmaram à Folha a intenção de entrar em greve.
(…)

Publicidade