Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Vamos trabalhar’, diz Doria após PSDB confirmar formato de prévias

Modelo aprovado é visto como derrota ao governador de São Paulo, que esperava ampliação de peso dos filiados

Por Laísa Dall'Agnol 15 jun 2021, 16h55

Após definição do formato de prévias no PSDB, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou nesta terça que vai trabalhar para viabilizar sua candidatura à Presidência da República no partido.

A disputa interna para definir quem será o presidenciável da sigla em 2022 acontece em 21 de novembro deste ano.

Nesta terça, a direção do partido confirmou as regras que já haviam sido apresentadas na última semana pela Comissão de Prévias e que configuram uma derrota para Doria.

O grupo dos filiados, fatia mais volumosa do partido e concentrada principalmente no estado de São Paulo, manteve o peso de 25% no total de votos. Doria esperava que o índice passasse para 50%, mas a proposta apresentada pelo Diretório de São Paulo com esse teor não foi aceita.

Outros nomes que disputam as prévias do partido para a candidatura à presidência são o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, e o senador Tasso Jereissati, do Ceará.

Continua após a publicidade
Publicidade