Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Trabalhando contra Lindbergh

Dilma Rousseff deu mais uma prova de que não está nem aí para a candidatura de Lindbergh Farias no Rio de Janeiro. Além de aparecer semana sim semana não ao lado de Luiz Fernando Pezão, esta semana mandou Ricardo Berzoini atuar a favor da candidatura de Anthony Garotinho. Lindbergh negociava com os deputados do PROS […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h43 - Publicado em 5 jun 2014, 15h28
Dupla desafinada

Dupla desafinada

Dilma Rousseff deu mais uma prova de que não está nem aí para a candidatura de Lindbergh Farias no Rio de Janeiro.

Além de aparecer semana sim semana não ao lado de Luiz Fernando Pezão, esta semana mandou Ricardo Berzoini atuar a favor da candidatura de Anthony Garotinho.

Lindbergh negociava com os deputados do PROS o apoio à sua candidatura. Miro Teixeira insiste em se lançar ao Palácio Guanabara pelo partido, mas os parlamentares não querem se ligar a um nome que hoje aparece com 2% das intenções de voto nas pesquisas.

Berzoini chamou a cúpula do PROS para uma conversa. Nada de apoiar Miro ou Lindbergh. O partido no Rio tem que ir de Garotinho, segundo Dilma. Ou seja, por enquanto deu certo a chantagem de Garotinho dizendo que pode apoiar Eduardo Campos no Rio.

Continua após a publicidade
Publicidade