Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Temer, Padilha e Calero ouvidos em processo de improbidade de Geddel

Geddel teria pressionado Calero por vantagem pessoal para construção de empreendimento em Salvador

Por Pedro Carvalho - Atualizado em 4 nov 2019, 15h46 - Publicado em 4 nov 2019, 15h44

O presidente Michel Temer e os ex-ministros Eliseu Padilha e Marcelo Calero serão ouvidos na próxima quinta-feira (7) em audiência de processo de improbidade administrativa contra Geddel Vieira Lima. O presidente do Iphan também será ouvido.

Geddel é acusado de pressionar o então ministro da Cultura (Calero) para intervir em decisão do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para liberação de construção de empreendimento de alto padrão em edifício de Salvador (BA). O caso está nas mãos da juíza da 5ª Vara Cível da JFDF, Diana Wanderlei.

 

Publicidade