Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Segundo turno em São Paulo: Covas tem 50,3%, e Boulos, 31,5%

Segundo o Paraná Pesquisas, tucano vai melhor entre as mulheres e os mais velhos, enquanto o rival se destaca entre os jovens e quem tem ensino superior

Por Da Redação Atualizado em 17 nov 2020, 17h57 - Publicado em 17 nov 2020, 17h40

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), tem 50,3% das intenções de voto (considerando os votos totais) contra 31,5% do seu oponente, Guilherme Boulos (PSOL), segundo levantamento do instituto Paraná Pesquisas feito entre os dias 16 e 17 de novembro, o primeiro a ser divulgado após a conclusão do primeiro turno.

Entre os entrevistados, 12,4% disseram que votarão em branco, em nenhum ou anularão o voto e outros 5,8% afirmaram que não sabem em quem votarão ou não responderam. Considerando apenas os votos válidos (excluídos brancos e nulos), Covas tem 61,5% contra 38,5% de Boulos). A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa ouviu, por telefone, 1.000 eleitores e foi registrada na Justiça Eleitoral sob o nº SP-09859/2020.

Considerando os segmentos do eleitorado, Covas vai melhor entre as mulheres (51,5% a 30,9%) e entre os eleitores com idade entre 45 e 59 anos (54% a 26,8%) e de 60 anos ou mais (59,9% a 22,9%). O tucano também tem bom desempenho entre os analfabetos e aqueles que cursaram até o ensino fundamental (55% a 25,9%).

Os melhores desempenhos de Boulos estão entre os que jovens de 16 a 24 anos (quando supera Covas numericamente por 43% a 39,7%) e os eleitores de 25 a 34 anos (quando chega a 36,6% contra 43,5% do tucano) e entre quem tem ensino superior completo ou incompleto (quando vai a 35% contra 44,9% do atual prefeito).

Continua após a publicidade
Publicidade