Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Recurso de Fabrício Queiroz e Márcia na pauta de julgamento do STJ

Investigados no caso da 'rachadinha' ex-assessor de Flávio Bolsonaro e a mulher dele, Márcia, cumprem prisão domiciliar

Por Mariana Muniz Atualizado em 17 nov 2020, 14h24 - Publicado em 17 nov 2020, 14h21

Além dos três recursos em que Flávio Bolsonaro pede a anulação das investigações da “rachadinha”, a Quinta Turma do STJ deve apreciar nesta terça-feira o pedido de outro personagem importante do caso: Fabrício Queiroz.

O habeas corpus apresentado pela defesa do ex-assessor do filho “Zero Um” do presidente e da mulher dele, Márcia, está na pauta de julgamentos do colegiado.

Como se sabe, Queiroz, que foi preso em julho na casa do ex-advogado da família Bolsonaro Fred Wassef, foi colocado em prisão domiciliar por decisão liminar do ministro João Otávio de Noronha, então presidente do STJ.

A medida chegou a ser revertida por Felix Fischer — o relator do caso — ainda em agosto, mas o STF o manteve em caso. O caso corre em sigilo e o pedido que será analisado nesta terça-feira ainda é desconhecido.

Queiroz e a mulher são investigados pelo MP do Rio por suposta participação no esquema de rachadinha no gabinete de Flávio, quando ele ainda era deputado estadual. 

Continua após a publicidade
Publicidade