Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ramagem ganha mais um presente de Bolsonaro

Em decretos publicados nesta quarta, Bolsonaro condecora vários de seus ministros e aliados

Por Hugo Marques Atualizado em 14 out 2020, 13h27 - Publicado em 14 out 2020, 14h23

O governo de Jair Bolsonaro concedeu nesta quarta a terceira condecoração ao diretor-geral da Abin, Alexandre Ramagem Rodrigues. Ele foi admitido no Quadro Suplementar da Ordem de Rio Branco, no grau de ‘Comendador’. A condecoração foi formalizada por decreto assinado pelo presidente e pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Promover a imagem de Ramagem passou a ser uma missão do governo Bolsonaro desde abril, quando o ministro do STF Alexandre de Moraes suspendeu a nomeação do pupilo de Bolsonaro para a direção-geral da Polícia Federal, para evitar que o presidente interferisse na PF.

Em maio, Ramagem recebeu uma das maiores honrarias militares e foi admitido no quadro suplementar da Ordem do Mérito Naval, no grau de ‘Comendador’. Juízes federais e autoridades com histórico de serviços prestados ao país foram condecorados com honraria de menor grau hierárquico. Depois, o Ministério da Defesa concedeu a Ramagem a Medalha do Mérito Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas.

Em decretos publicados nesta quarta, Bolsonaro condecora vários de seus ministros, políticos que apoiam o governo no Congresso e muitas autoridades ligadas à área diplomática, além de personalidades internacionais.

Continua após a publicidade

Publicidade