Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Radar TVeja: Dilma 10 tons abaixo do PT e de Lula sobre Delcídio

Dilma Rousseff foi bem mais cautelosa que o PT e Lula ao se referir pela primeira vez à prisão do seu antigo líder do governo, Delcídio do Amaral (PT-MS), nesta segunda-feira, em Paris. Questionada à queima-roupa pelo correspondente da Folha de S.Paulo, Dilma se disse “perplexa”. A reação cautelosa reflete o temor generalizado do que […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h59 - Publicado em 30 nov 2015, 19h25

http://videos.abril.com.br/veja/id/3ec959d8e7bdf5a89f356ff8972ed89a?

Dilma Rousseff foi bem mais cautelosa que o PT e Lula ao se referir pela primeira vez à prisão do seu antigo líder do governo, Delcídio do Amaral (PT-MS), nesta segunda-feira, em Paris.

Questionada à queima-roupa pelo correspondente da Folha de S.Paulo, Dilma se disse “perplexa”.

A reação cautelosa reflete o temor generalizado do que Delcídio pode revelar se fechar um acordo de delação premiada.

Também mostra que o PT e Lula podem tentar um recuo depois de terem fritado Delcídio em óleo quente. Tarde demais: a família interditou qualquer diálogo com o partido depois da nota que praticamente selou sua permanência por tempo indeterminado na prisão.

Continua após a publicidade
Publicidade