Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Quem é o delegado que terá a missão de comandar a Polícia Federal

Paulo Maiurino foi anunciado como diretor-geral da PF nesta terça-feira pelo ministro da Justiça, Anderson Torres

Por Gustavo Maia Atualizado em 6 abr 2021, 20h25 - Publicado em 6 abr 2021, 19h09

O delegado Paulo Maiurino, anunciado há pouco como novo diretor-geral da Polícia Federal, tem mais de 22 anos de experiência na corporação, na qual ingressou em 1998, e passagens por governos estaduais e pelo STF.

Desde setembro do ano passado, ele atuava como assessor especial de segurança institucional do presidente do Conselho da Justiça Federal, o ministro Humberto Martins (também presidente do STJ). Antes, passou um ano como secretário de Segurança do Supremo Tribunal Federal, na gestão Dias Toffoli.

No começo do governo Bolsonaro, ele assumiu um posto no Conselho de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, então governado pelo hoje afastado Wilson Witzel (PSC). A passagem de 10 meses ocorreu após quase dois ano no Governo de São Paulo, sob o comando do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB). Primeiro, em 2016, foi secretário de Esporte Lazer e Juventude. Depois, tornou-se subsecretário segurança.

Maiurino também atuou na Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal no governo Agnelo Queiroz (PT), entre 2014 e 2015, e como corregedor-geral do Ministério da Justiça, entre 2010 e 2012. Na PF, chegou a chefiar a Interpol Brasil e o Serviço de Planejamento e Controle, além da Delegacia no Chuí (RS).

Continua após a publicidade
Publicidade