Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PSOL adota suas precauções com deputado que chamou Moro de “juiz ladrão”

Glauber Braga quase foi às vias de fato com Carlos Jordy (PSL-RJ); partido decidiu acompanhá-lo de perto, por enquanto

Por Evandro Éboli Atualizado em 4 jul 2019, 11h57 - Publicado em 4 jul 2019, 10h37

Um dia depois de chamar Sérgio Moro de “juiz ladrão”, o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) amanheceu, ontem,  com reforço de assessores a seu lado pelos corredores da Câmara.

O “day after” foi caloroso, Braga quase chegou as vias de fato com o bolsonarista Carlos Jordy (PSL-RJ) na Comissão de Educação. No plenário, fez novo discurso duro após se alvo de ataques de seguidores do presidente da República.

A assessoria do lado é com o receio de reações extremistas.Por enquanto, nada de segurança oficial.

Publicidade