Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Após ataques ao STF, PSL decide expulsar Daniel Silveira

Partido diz que o deputado ofendeu de 'maneira vil' o STF, que os ataques são 'inaceitáveis' e que não podem ser confundidos com liberdade de expressão

Por Evandro Éboli Atualizado em 18 fev 2021, 09h20 - Publicado em 17 fev 2021, 08h38

A direção nacional do PSL decidiu que irá expulsar Daniel Silveira do partido, após o vídeo que publicou com ataques ao STF, que levou à sua prisão na noite de ontem.

A Executiva do partido entendeu que o parlamentar ofendeu de “maneira vil” a honra dos ministros do STF e repudia com veemência os ataques disparados por Silveira no vídeo de ontem. Foram 20 minutos de pesadas críticas a ministros do tribunal, com xingamentos, ameaças físicas e até citação do AI-5.

“Os ataques, especialmente da maneira como foram feitos, são inaceitáveis. Esta atitude não pode e jamais será confundida com liberdade de expressão, uma conquista tão duramente obtida pelos brasileiros e que deve estar no cerne de todo o debate nacional”, diz nota divulgada pelo PSL.

A Executiva, ao final, diz que tomará todas medidas para o “afastamento definitivo do deputado dos quadros partidários”. A sua expulsão.

Continua após a publicidade
Publicidade