Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Presidente do INSS entra na fila do cartão vermelho do Planalto

Quem acompanha as discussões no Planalto, diz que a turma já procura um perfil 'Pazuello' para o lugar de Leonardo Rolim

Por Robson Bonin Atualizado em 25 set 2020, 18h29 - Publicado em 26 set 2020, 18h23

Nessa batalha judicial que virou a reabertura das agências do INSS, Leonardo Rolim, o presidente do órgão, entrou na fila do cartão vermelho.

A insatisfação com Rolim foi inflada pela constatação do movimento de peritos médicos que atuam no órgão de que o presidente do INSS teve seis meses para preparar a reabertura das agências e falhou na missão.

Para piorar, convocou para a porta das unidades os idosos e pessoas fragilizadas que dependem do serviço do INSS. Foram dias de cobertura negativa para o governo na imprensa.

Quem acompanha as discussões no Planalto, diz que a turma já procura um perfil “Pazuello” para o lugar de Rolim.

Continua após a publicidade
Publicidade