Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Líder da OAB no impeachment de Collor está com Covid-19; estado é delicado

Marcello Lavenère, com 83 anos, está internado em Maceió

Por Evandro Éboli Atualizado em 18 abr 2020, 14h52 - Publicado em 18 abr 2020, 12h40

O advogado e jurista Marcello Lavenère, de 83 está internado, em Maceió, com o coronavírus. Seu estado de saúde é muito delicado, considerado grave pelos amigos.

Na manhã deste sábado, Lavenère foi submetido a uma traqueostomia.

Ele está internado há vinte dias, e passou a maior parte do tempo na UTI.

Um dos netos de Lavenère, Marcello Neto, enviou mensagens aos amigos do avô neste sábado e pediu orações.

“Voinho entrou agora para fazer a traqueostomia. Previsão de 3 horas de cirurgia. Todos em oração e com pensamentos positivos!”, pediu o neto.

Marcello Lavenère era o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em 1992, e foi um dos líderes do movimento pela impeachment do então presidente Fernando Collor.

Encaminhou um pedido de afastamento do presidente à Câmara e participou de diversos atos contra pela saída de Collor.

Lavenère se aproximou do PT nos anos posteriores. Foi presidente da Comissão de Anistia, então ligado ao Ministério da Justiça, durante anos. Mais tarde, fez a defesa da manutenção de Dilma Rousseff na presidência em audiências públicas.

 

Continua após a publicidade
Publicidade