Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PF desmonta esquema de extração ilegal de madeira na Amazônia

São cumpridos 60 mandados no interior do Pará, sendo 14 de prisão; esquema envolve servidores públicos, advogados e grandes madeireiros

Por Robson Bonin - Atualizado em 29 jul 2020, 08h52 - Publicado em 29 jul 2020, 08h05

A Polícia Federal deflagra nesta quarta-feira, 29, uma operação contra a exploração ilegal de madeira no Pará. São cumpridos 60 mandados, 14 de prisão, sete de afastamento do emprego ou função pública, quatro mandados de suspensão da atividade de natureza econômica, sete mandados de sequestro de bens e 28 mandados de busca e apreensão.

A investigação mira desmatadores — região de Brasil Novo, Medicilândia e Uruará —, madeireiros de grande porte, além de servidores públicos — secretarias municipais de Meio Ambiente –, advogados e engenheiros florestais integrantes de um esquema que controlava de forma criminosa todas as etapas da cadeia produtiva da madeira: extração, serragem, falsificação de documentos, fiscalização, transporte e compra da madeira ilegal.

ASSINE VEJA

Os ‘cancelados’ nas redes sociais Leia nesta edição: os perigos do tribunal virtual. E mais: nova pesquisa sobre as eleições presidenciais de 2022
Clique e Assine
Publicidade