Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PF afasta delegado bolsonarista acusado de ajudar garimpeiros

Everaldo Eguchi disputou o segundo turno da prefeitura de Belém pelo Patriota, com apoio explícito de Bolsonaro

Por Robson Bonin 25 nov 2021, 16h51

Investigado por supostamente vazar informações de operações da Polícia Federal a garimpeiros, o delegado bolsonarista Everaldo Eguchi acaba de ser afastado pela cúpula da corporação. A portaria foi publicada nesta quarta.

A acusação contra Eguchi é de violação de sigilo funcional durante a Operação Migrador, que investiga o garimpo ilegal de Manganês em Marabá, Sul do Pará.

Em julho deste ano a Justiça ordenou busca e apreensão na casa da Eguchi em Belém, onde encontrou uma mochila vermelha com maços de dinheiro em reais, dólares e euros.

Nas últimas eleições, Eguchi disputou o segundo turno da prefeitura de Belém pelo Patriota, com apoio explícito de Bolsonaro, mas foi derrotado por Edmilson Rodrigues, do PSOL.

Continua após a publicidade

Publicidade