Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PF abre inquérito para investigar ataque hacker contra o STF

O ministro Alexandre de Moraes, que comanda as investigações dos atos antidemocráticos e das fake news, é o relator do caso

Por Robson Bonin Atualizado em 11 Maio 2021, 17h06 - Publicado em 11 Maio 2021, 16h19

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar a possível ação política por trás do ataque hacker aos sistemas do STF no fim da semana passada. O portal do Supremo saiu do ar na última quinta e uma força-tarefa de servidores e investigadores foi montada para inventariar os danos e ameaças às informações sigilosas da Corte.

Por se tratar de uma ação hostil contra a Corte com potencial motivação política, o ministro Alexandre de Moraes, que conduz o inquérito das fake news e o inquérito dos atos antidemocráticos foi designado relator desse caso.

“Após pedido da Polícia Federal, o ministro Alexandre de Moraes determinou a instauração do inquérito. Trata-se de ameaça ao STF e os fatos são conexos e podem ser relacionados com a apuração em andamento nos inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos. O caso corre em sigilo”, informou a assessoria do Supremo.

Publicidade