Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Paulo Preto pede desbloqueio de R$ 132 milhões na Suíça

E o fim da prisão preventiva

Por Ernesto Neves - Atualizado em 28 maio 2019, 16h08 - Publicado em 28 maio 2019, 14h31

A defesa do ex-operador do PSDB Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, pediu para que sejam desbloqueadas as contas do Groupe Nantes, offshore panamenha da qual ele era o beneficiário econômico e controlador. 

De acordo com a força-tarefa da Lava-Jato, há ao menos 132 milhões de reais nas contas da offshore, fruto de lavagem de dinheiro.

A defesa pede ainda que seja suspensa a prisão preventiva contra Paulo. Essa denúncia descreve esquemas de lavagem de dinheiro feitos por executivos da Odebrecht e da UTC na Petrobras. 

O MPF pede a devolução de 78,5 milhões de reais, além de outros 28,8 milhões de dólares, que equivalem ao total de dinheiro lavado no exterior.

Publicidade