Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Paulo Pimenta e Delegado Waldir usam e abusam do passaporte diplomático

PSL e PT unidos

Por Ernesto Neves Atualizado em 29 Maio 2019, 15h43 - Publicado em 29 Maio 2019, 08h34

Em campos ideológicos opostos, o líder do PT, Paulo Pimenta (RS) e do PSL, Delegado Waldir (GO), têm algo em comum.

Ambos têm apreço pelo passaporte diplomático. É o que mostra levantamento exclusivo feito pelo Ranking dos Políticos.

Além de um para uso próprio, Pimenta solicitou ao Itamaraty documento especial para os dois filhos e a mulher.

O mesmo fez Delegado Waldir, que, além, do seu, solicitou o passaporte para os filhos e a esposa.

Segundo uma portaria do Itamaraty que regula a emissão do documento, a concessão e a utilização dos passaportes especiais para parentes estão vinculadas à missão oficial, e têm prazo de validade somente para a viagem.

Essa regra é ignorada na Câmara.

 

Continua após a publicidade
Publicidade