Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

As doenças que mais impulsionaram a venda de remédios entre brasileiros

Pesquisa mostra que, entre itens avaliados, apenas medicamentos para colesterol e bronquite tiveram queda

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 15 set 2021, 11h18 - Publicado em 15 set 2021, 18h30

O acesso a remédios no Brasil aumentou 3,54% no último ano, mostram dados da IQVIA, multinacional de tecnologia em saúde, e algumas doenças específicas foram responsáveis pela alta.

Segundo levantamento da InterPlayers, os medicamentos cujas vendas mais cresceram no período foram para diabetes (14%), hipertensão (4%) e depressão (4%). Por outro lado, houve queda na comercialização de remédios para o controle do colesterol (-5%) e bronquite (-4%).

Os dados levam em consideração o período de agosto de 2020 a julho de 2021 contra o ano imediatamento anterior, ou seja, de agosto de 2019 a julho de 2020.

Publicidade