Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O incômodo de Eunício com o ministro de Bolsonaro

Tentativas frustradas de contato

Por Gabriel Mascarenhas Atualizado em 14 jan 2019, 13h45 - Publicado em 14 jan 2019, 13h41

Eunício Oliveira não superou um episódio desagradável envolvendo Gustavo Bebianno, ocorrido em novembro, portanto, logo após a eleição perdida pelo senador e vencida pelo grupo do agora secretário-geral da presidência.

O motivo parece uma bobagem apenas para quem não é político.

Às vésperas da sessão solene de comemoração aos 20 anos da Constituição de 1988, Eunício ligou duas vezes para Bebianno. Ele não só ignorou os telefonemas, como jamais retornou a tentativa de contato feita pelo presidente do Congresso.

Uma excelência pode esquecer quase tudo, mas não um gesto de desprestígio.

Continua após a publicidade
Publicidade