Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O impacto do coronavírus na investigação da morte de Adriano da Nóbrega

Dois meses sem respostas

Por Mariana Muniz - Atualizado em 5 abr 2020, 11h40 - Publicado em 5 abr 2020, 10h12

A morte do miliciano Adriano da Nóbrega completa dois meses no próximo dia 9 com as investigações e perícias paradas, fruto da crise gerada pelo coronavírus.

Conforme o Radar revelou em março, há grande expectativa pela perícia dos 12 celulares que foram apreendidos junto com o ex-capitão do Bope.  O material repousa com as autoridades investigativas do Rio.

 

Publicidade