Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O discurso da herdeira de Eduardo Cunha

De olho na Câmara em 2018

A filha de Eduardo Cunha, Danielle, se filiou ao PMDB no dia 3 de outubro. Agora, já tem partido e discurso para disputar uma cadeira de deputada federal no ano que vem.

Ao mirar no voto evangélico, o mesmo que ajudou seu progenitor a chegar onde chegou, ela baterá na tecla de que seu pai foi o responsável por tirar o demônio, ou seja, o PT do poder.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Filha de peixinho, peixinho será. Ou alguém acredito no contrário?

    Curtir

  2. E é nesse tipo de gente q a crentaiada vota, é soh dar uma olhada na tal “bancada evangélica”.

    Curtir