Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MPF versus Iphan e Eike

A revitalização da Marina da Glória (RJ), tocada por Eike Batista, está no centro de uma guerra entre o Ministério Público Federal e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. No dia 2 de maio, o Iphan aprovou o projeto e gerou a revolta dos procuradores no Rio de Janeiro. Desde a época dos […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 10h45 - Publicado em 16 set 2011, 16h32

A revitalização da Marina da Glória (RJ), tocada por Eike Batista, está no centro de uma guerra entre o Ministério Público Federal e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. No dia 2 de maio, o Iphan aprovou o projeto e gerou a revolta dos procuradores no Rio de Janeiro. Desde a época dos Jogos Pan Americanos de 2007, o MPF é contra obras no local.

Os procuradores reclamam que o tema Marina da Glória foi colocado na pauta daquele dia em cima da hora, impedindo o MPF de participar do encontro. Além disso, até hoje a ata da reunião não foi redigida, o que impede os procuradores de saber quais foram os argumentos apresentados pelos conselheiros para aprovar o projeto.

O caso é tão nebuloso que, há duas semanas, o Iphan não sabe sequer informar se a reunião foi gravada, procedimento padrão em todos os encontros do instituto.

Publicidade