Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Órgão ligado ao ministério da Defesa gasta mais de R$ 1 mi em sorvete

Sobremesa cara

Por Pedro Carvalho - Atualizado em 6 jun 2019, 16h30 - Publicado em 6 jun 2019, 08h36

O Comando da 11ª Região Militar, batalhão do Exército que abrange Distrito Federal, Goiás, Tocantins e Triângulo Mineiro, não poupa despesas quando se fala em sorvete.

A sobremesa vai custar aos cofres públicos mais de 1 milhão de reais.

O sabor “flocos” é o mais caro: 390,3 mil reais. Em seguida, “chocolate” (216,1 mil); “creme” (209,1 mil); e “morango” (201,6 mil).

(ATUALIZAÇÃO: O Ministério da Defesa afirma que o orçamento engloba a Administração Central do Ministério, o Comando da Marinha, o Comando do Exército e o Comando da Aeronáutica. E que os Comandos Militares possuem autonomia para execução orçamentária e financeira de seus recursos. Diz ainda que não é atribuição do ministro da Defesa autorizar compra de gêneros para os Comandos Militares. E que cada Região Militar possui autonomia orçamentária e financeira para execução de suas despesas. Sobre a compra indicada na nota, trata-se de processo licitatório realizado pela 11ª Região Militar para serem consumidos por cerca de 15 mil militares no período de um ano. Acrescentamos a informação de que o crédito está disponível, mas não significa que será usado em sua totalidade).

Publicidade