Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mercado local ainda de mau humor com Dilma

Se em Brasília, a corda no pescoço da presidente parece ter afrouxado nos últimos dias, no mercado local o mau humor com Dilma continua. Segundo um gestor de fundos de ações com larga experiência, muitos investidores sediados no Brasil está à espera da saída da presidente para ir realmente às compras na bolsa. Há uma divergência em relação à […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 00h15 - Publicado em 23 out 2015, 13h33
Momento mais difícil em uma década

Mercado mais difícil em uma década

Se em Brasília, a corda no pescoço da presidente parece ter afrouxado nos últimos dias, no mercado local o mau humor com Dilma continua. Segundo um gestor de fundos de ações com larga experiência, muitos investidores sediados no Brasil está à espera da saída da presidente para ir realmente às compras na bolsa.

Há uma divergência em relação à percepção dos estrangeiros, que, com o câmbio favorável e dados positivos lá fora, estão irrigando mercados emergentes. Mas, para quem atua por aqui, a avaliação é que o buraco da economia brasileira é mais embaixo.

Por enquanto, investidores locais estão navegando em busca das “correções” de preços, mas com pouca margem para avaliar fundamentos das empresas. “É, sem dúvida, o momento mais difícil para os investidores em pelo  menos uma década”, resume, fazendo alusão à combinação de crise econômica e política.

Continua após a publicidade
Publicidade