Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Maxi disfarçada

Sem alarde, o Brasil promoveu uma maxidesvalorização do real nos últimos doze meses — nada, claro, que estivesse na plataforma de campanha da reeleição de Dilma. Só em 2015, o dólar se valorizou 30% ante o real. E, em um ano, 57%. Isso explica, em parte, a resistência da inflação, apesar dos juros tão altos.

Por Da Redação - Atualizado em 31 jul 2020, 00h42 - Publicado em 15 ago 2015, 08h54
dólar e real

Dólar se valorizou 30% frente ao real neste ano

Sem alarde, o Brasil promoveu uma maxidesvalorização do real nos últimos doze meses — nada, claro, que estivesse na plataforma de campanha da reeleição de Dilma.

Só em 2015, o dólar se valorizou 30% ante o real. E, em um ano, 57%. Isso explica, em parte, a resistência da inflação, apesar dos juros tão altos.

Publicidade