Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Maior parte da tropa de choque de Cunha já dá cassação como certa

A maior parte da tropa de choque do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha jogou a toalha e já dá como certa a cassação do parlamentar. Eles dizem que a última tacada do grupo foi a tentativa de fazer um acordo com Rodrigo Maia para sua eleição. Em troca de apoio, pediam que Maia tocasse lentamente […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h15 - Publicado em 22 jul 2016, 10h06
Para clima tenso, R$ 227 mil em analgésicos

Cassação em agosto

A maior parte da tropa de choque do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha jogou a toalha e já dá como certa a cassação do parlamentar.

Eles dizem que a última tacada do grupo foi a tentativa de fazer um acordo com Rodrigo Maia para sua eleição.

Em troca de apoio, pediam que Maia tocasse lentamente o processo. Com novas manobras e recursos, seria possível arrastar o caso até o ano que vem.

O problema é que Maia não topou o acordo e acabou ganhando nos votos, por uma grande diferença, a disputa.

Sem ajuda do atual presidente, a já antiga tropa de choque diz que Cunha não passa de agosto.

Continua após a publicidade

Publicidade