Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Maconha é a droga mais apreendida nas fronteiras do país

Programa do Ministério da Justiça confiscou 251 toneladas da droga nas divisas do Brasil entre abril e julho

Por Mariana Muniz - Atualizado em 11 ago 2020, 23h09 - Publicado em 12 ago 2020, 16h30

Entre abril e julho, o Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (Vigia) apreendeu 256 toneladas de drogas nas fronteiras do país – a maioria disparada de maconha, com 251 toneladas confiscadas.

Além das drogas, durante este período houve a apreensão de 344 armas de fogo sendo 106 espingardas, 80 revólveres, 71 armas brancas, 62 pistolas, 13 armas artesanais, 9 rifles, 2 fuzis e 1 metralhadora.

Também foram barrados quase 3 mil quilos de agrotóxicos, 9.660 celulares frutos do contrabando, 891 pneus, 7 aeronaves e 76 quilos de barra de ouro e 2000 metros cúbicos de madeira.

O programa, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, atua nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima e nas divisas do Goiás e Tocantins.

Continua após a publicidade
Publicidade