Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lewandowski ameaçou

Foi feia a briga na reunião que os ministros fizeram antes de iniciar a sessão desta quinta-feira. Ayres Britto chamou Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski para tentar acertar a forma de voto dos ministros. Com a maioria querendo o voto fatiado, Lewandowski ficou contrariado, elevou o tom de voz e ameaçou entregar o posto de […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 08h07 - Publicado em 16 ago 2012, 21h13

Ministro contrariado

Foi feia a briga na reunião que os ministros fizeram antes de iniciar a sessão desta quinta-feira.

Ayres Britto chamou Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski para tentar acertar a forma de voto dos ministros.

Com a maioria querendo o voto fatiado, Lewandowski ficou contrariado, elevou o tom de voz e ameaçou entregar o posto de revisor.

Britto foi duro, disse que isso só mostraria que Lewandowski não quer mesmo julgar o caso. E lembrou que Lewandowski lhe pediu, em duas ocasiões, para não colocar o mensalão em julgamento neste ano.

Continua após a publicidade
Publicidade