Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Jucá trabalha para expulsar Requião e Kátia Abreu do PMDB

O líder do governo no Senado montou plano para convencer correligionários a denunciar a dupla à Comissão de Ética do partido

Por Gabriel Mascarenhas 28 jul 2017, 15h48

Romero Jucá arquitetou uma estratégia para varrer do PMDB Kátia Abreu e Roberto Requião, dois senadores tidos como inadministráveis pelo Palácio do Planalto.

Ao melhor estilo Jucá, o plano foi formatado de modo a não deixar suas digitais expostas.

O líder do governo no Senado procurou correligionários descontentes com a dupla para saber se estavam dispostos a formular uma representação contra eles.

No caso de Kátia, amicíssima de Dilma Rousseff, a operação foi mais simples. Já há um procedimento antigo contra ela, que Jucá levará adiante na Comissão de Ética do partido.

Agora, ele está à procura de uma barriga de aluguel para fazer o mesmo com Requião, considerado histriônico e combativo pelo Planalto.

Continua após a publicidade
Publicidade