Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Jogo do bicho continua

Ninguém no Planalto se incomodou com o fato de existir, na frente do palácio, uma banca do jogo do bicho em pleno funcionamento. Segundo a assessoria da presidência, a responsabilidade de coibir a contravenção nas portas do palácio é do governo do Distrito Federal, comandado por Agnelo Queiroz. Sendo assim, a jogatina segue sem ser […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 09h36 - Publicado em 3 fev 2012, 11h22

Para o Planalto, dever de reprimir o jogo do bicho é do governo do Distrito Federal.

Ninguém no Planalto se incomodou com o fato de existir, na frente do palácio, uma banca do jogo do bicho em pleno funcionamento. Segundo a assessoria da presidência, a responsabilidade de coibir a contravenção nas portas do palácio é do governo do Distrito Federal, comandado por Agnelo Queiroz. Sendo assim, a jogatina segue sem ser importunada. Ontem à tarde, por exemplo, até cadeira os bicheiros usavam para melhor acomodar as apostas.

Publicidade