Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Jagger, Monty Python &… Galvão

Dando um sabor especial para os brasileiros, um  bem-humorado vídeo promocional  do Monty Python – que começou anteontem uma série de dez apresentações em Londres,  mais de três décadas depois de separados – tem os stones Mick Jagger e Charlie Watts como estrelas principais e, como coadjuvante, a voz de Galvão Bueno. No vídeo, Jagger […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h34 - Publicado em 3 jul 2014, 07h33

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=jcsVz6jo5MM?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

Dando um sabor especial para os brasileiros, um  bem-humorado vídeo promocional  do Monty Python – que começou anteontem uma série de dez apresentações em Londres,  mais de três décadas depois de separados – tem os stones Mick Jagger e Charlie Watts como estrelas principais e, como coadjuvante, a voz de Galvão Bueno.

No vídeo, Jagger (“Eles ainda existem? São apenas um bando de velhos enrugados tentando fazer algum dinheiro…”, diz numa autoparódia que remete aos Stones) e Watts assistem a um jogo da Copa.

Ao fundo, surge nada menos do que Galvão narrando uma partida.  Os britânicos, a quem se dirige o comercial, não têm a menor ideia de quem seja Galvão. O sabor especial fica para os brasileiros.

Certamente, os criadores do vídeo não sabem quem é Galvão, mas pelo visto acharam que uma voz em língua não inglesa e  o tom elétrico do nosso narrador número 1  se casaria bem com o humor anárquico do Monty Python.

Continua após a publicidade
Publicidade