Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Irmão de Lula: ‘ir para casa de tornozeleira ele não quer. Claro que não!’

Frei Chico, em Brasília, conta rotina do irmão e visitas dos familiares

Por Evandro Éboli 22 fev 2019, 16h30

Em passagem por Brasília, Frei Chico, irmão de Lula, reencontrou e almoçou com amigos e teve outros compromissos. Ele contou ao Radar que o ex-presidente está bem e continua se exercitando.

“Ele quer sair vivo de lá”, disse.

Frei Chico o visita uma vez por mês. Divide com outros familiares o único dia de visita semanal a Lula.

Fica das 09h até às 16h com o irmão. Sai para almoçar, e volta. Falou das possibilidades de Lula deixar as dependências da Polícia Federal e ir para a casa. “Estão falando de ir para casa com tornozeleira eletrônica.

Claro que isso ele não quer. Sem poder falar ao celular e sair de casa. É confissão de culpa aceitar isso”, disse. “É um sequestrado do Estado”.

Continua após a publicidade

Publicidade