Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governo estuda saída pacífica para Weintraub

No Governo, há quem defenda embaixada ou cargo em órgão internacional

Por Pedro Carvalho - Atualizado em 13 fev 2020, 12h32 - Publicado em 13 fev 2020, 11h32

Na corda bamba, Abraham Weintraub pode acabar em uma embaixada ou algum órgão internacional. Pelo menos, é o que defendem alguns nomes no Governo para uma saída honrosa do MEC. O ministro é visto pelo Congresso como um nome performático e que entende pouco de gestão.

Publicidade