Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Gabriela Hardt pronta para encerrar ação sobre Refinaria de Abreu e Lima

MPF diz que empreiteira pagou propina para executivos da Petrobras

Por Ernesto Neves Atualizado em 20 fev 2019, 14h24 - Publicado em 20 fev 2019, 14h23

A juíza Gabriela Hardt recebeu nesta terça (19) as alegações finais da ação que investiga o pagamento de propina na refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

De acordo com a força-tarefa da Lava-Jato, os executivos do grupo Alusa Engenharia Cesar Luiz de Godoy, José Rodrigues e Mário Neto pagaram R$ 9,6 milhões a diretores da Petrobras.

Esse dinheiro foi dado em troca de favorecimento em licitações da refinaria.

  • Publicidade