Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Funaro negocia passivos com grupo de Joesley e planeja deixar o Brasil

Doleiro e empresa assinaram um acordo de confidencialidade

Por Gabriel Mascarenhas Atualizado em 13 nov 2020, 17h00 - Publicado em 13 nov 2020, 08h22

Lúcio Funaro e a J&F firmaram um termo de confidencialidade e negociam o pagamento de serviços prestados pelo doleiro ao grupo do seu ex-amigo Joesley Batista. Esses trabalhos seriam lícitos, ou seja, não constam do pacote de trambiques que a dupla praticou.

Funaro sonha em receber 10 milhões de reais. Cumprindo pena em regime domiciliar, o doleiro quer pegar essa grana e, quando possível, recomeçar a vida em Portugal.

Publicidade