Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Brasil

EXCLUSIVO: O real motivo da guerra de Bolsonaro com a Polícia Federal

Uma investigação da Polícia Federal contra Hélio Negão, o deputado amigo de Jair Bolsonaro, é o verdadeiro motivo da guerra do presidente com a instituição. Há 12 dias, ele esbravejou no portão do Palácio da Alvorada referindo-se a uma bomba que estava “para estourar” em “uma pessoa importante que está do meu lado”.

O recado era para a PF do Rio, pilotada por Ricardo Saadi. Lançado a prefeito do Rio por Bolsonaro, Negão virou alvo dos agentes por pecados que teriam sido cometidos há mais de quinze anos. Alertado pelo amigo, Bolsonaro viu no caso uma ação da PF para tentar intimidar seu grupo político — e não perdoou.

Na PF, fala-se que uma ala da polícia mirou em Negão justamente para queimar Saadi no Planalto. O tiro, no entanto, atingiu o diretor Maurício Valeixo.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Assine para ter acesso livre às reportagens, vídeos e colunistas do site e da revista VEJA.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Você ainda não tem acesso a esta marca. Escolha uma das ofertas abaixo para assinar

melhor oferta

DIGITAL + IMPRESSA

• Leia e cancele quando quiser
• Acesso ilimitado ao site
• Edição impressa e digital semanal
• Frete grátis

Apenas 29,90/mês

Com o PicPay você pode acessar gratuitamente todo o conteúdo digital da Abril.

Após o login, confira o regulamento completo da promoção.

Acesse quando e onde quiser. Cancele a qualquer momento.