Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ex-chefe de gabinete de Lula diz que só soube de Atibaia em 2011

E que propriedade pertencia a Fernando Bittar

Por Ernesto Neves 9 Maio 2018, 12h41

Ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência de República, Gilberto Carvalho depôs como testemunha de Lula na manhã desta quarta (9) no caso do sítio de Atibaia.  

Carvalho disse que durante os oito anos em que trabalhou com o ex-presidente não soube da propriedade.

E que esteve uma única vez no local, numa festa junina realizada em 2011.

Segundo o ex-ministro, a propriedade pertencia a Fernando Bittar, e Lula cogitava comprá-la para dar a dona Marisa.

Também disse que o ex-presidente não sabia se compraria o local por considerá-lo longe de São Paulo.

Segundo o MPF, Fernando Bittar, filho do ex-prefeito de Campinas Jacó Bittar, foi laranja de Lula na compra do sítio de Atibaia. 

 

Continua após a publicidade
Publicidade