Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em São Luís, PDT descumpre ‘neutralidade’ e declara apoio a bolsonarista

Partido entra na campanha de Eduardo Braide, oponente do candidato de Flávio Dino, Duarte Júnior

Por Mariana Muniz Atualizado em 19 nov 2020, 17h45 - Publicado em 19 nov 2020, 16h32

A bancada do PDT em São Luís decidiu descumprir a orientação nacional de neutralidade do partido no segundo turno da disputa pela capital maranhense e se juntar ao bolsonarista Eduardo Braide (Podemos), também apoiado por Roseana Sarney.

Braide concorre com Duarte Júnior (Republicanos), o candidato que passou a ser apoiado pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) — e que tem entre seus principais aliados em Brasília o senador pedetista Wewerton.

O presidente do partido, Carlos Lupi, disse ao Radar que o “PDT tomou a decisão de neutralidade em São Luís”.

Mas na noite desta quarta-feira o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho, anunciou o apoio a Braide por parte da “direção municipal do PDT”. 

“A direção municipal do PDT e a bancada de vereadores eleitos, decidiu seguir neste 2° turno, com o candidato a prefeito, Eduardo Braide”, escreveu o parlamentar em uma rede social. Nada de neutralidade. 

 

Continua após a publicidade
Publicidade