Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

C. S. Lewis entra para o clube do milhão

Escritor britânico é autor de “Cristianismo puro e simples”

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 4 mar 2021, 17h20 - Publicado em 2 mar 2021, 18h32

A editora Thomas Nelson Brasil acaba de alcançar um número de peso ao atingir a marca de um milhão de exemplares vendidos das obras de C.S. Lewis, um dos escritores mais importantes da literatura. A editora iniciou a publicação das obras do autor com traduções e projeto gráfico inéditos há pouco mais de três anos e já publicou 21 títulos do britânico.

Entre os livros mais vendidos estão “Cristianismo puro e simples” com mais de 250.000 exemplares, “Cartas de um diabo a seu aprendiz”, com 200.000 cópias comercializadas e “Os quatro amores”, que já vendeu quase 110.000 exemplares. Só em 2020 a editora vendeu mais de 400.000 livros do autor. Em abril, serão lançadas mais duas obras: “Cartas de C.S. Lewis” e “Milagres”, considerado um dos livros mais clássicos e conhecidos de Lewis.

No mundo, a história é outra. Só os livros da saga As Crônicas de Nárnia já foram traduzidos para 47 idiomas e venderam mais de 120 milhões de cópias.

VEJA RECOMENDA | Conheça a lista dos livros mais vendidos da revista e nossas indicações especiais para você.

Continua após a publicidade
Publicidade