Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

EBC já teve 10% de seus funcionários contaminados pelo coronavírus

Estatal voltou ao trabalho presencial em outubro de 2020

Por Mariana Muniz 26 jan 2021, 11h48

Com a maior parte de seus funcionários trabalhando presencialmente, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) já teve 10% de seu quadro contaminado.

É o que mostra um mapeamento interno com dados até dezembro de 2020: dos 1837 funcionários da estatal — responsável, entre outras, pela Agência Brasil e pela TV Brasil — 197 haviam contraído o vírus.

Desde outubro o trabalho presencial foi restabelecido na EBC, com jornadas de trabalho em tempo integral. Uma deliberação publicada à época falava em ” trabalho presencial de forma coordenada, responsável e planejada”, “mantendo, para tanto, as medidas de enfrentamento da COVID-19”.

O segundo pico de contágio ocorreu em dezembro, ainda de acordo com o mapeamento feito internamente. Brasília foi disparado a praça que registou o maior número de casos de coronavírus entre os funcionários da EBC, 160, seguida do Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade
Publicidade