Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

E a vaga vai para…

O Supremo deve dar na quarta-feira a palavra final sobre se, por ocasião do afastamento temporário de um deputado federal, quem terá precedência para assumir a vaga: o suplente da coligação ou o suplente do partido. A Câmara tem dado posse a suplentes das coligações. Os relatores dos casos que vão a julgamento, Marco Aurélio […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 12h11 - Publicado em 26 abr 2011, 08h31

O Supremo deve dar na quarta-feira a palavra final sobre se, por ocasião do afastamento temporário de um deputado federal, quem terá precedência para assumir a vaga: o suplente da coligação ou o suplente do partido. A Câmara tem dado posse a suplentes das coligações.

Os relatores dos casos que vão a julgamento, Marco Aurélio Mello e Cármen Lúcia, já deram liminares favoráveis para a posse do suplente do partido. O Ministério Público é a favor de empossar o suplente da coligação.

Publicidade